O UAC existe deste o Windows Vista e a princípio foi criado para que fosse possível fazer com que usuários finais não possam fazer a instalação ou alteração de arquivos do Windows. Isso traz uma camada de segurança para o S.O. com multiusuários registrados utilizando o próprio Windows como gestor de permissões baseadas em grupos de trabalho tendo assim somente usuários específicos com permissões para determinadas alterações.

O problema é que (pela voz da experiência) boa parte das empresas utilizam apenas grupos de trabalho como estrutura de rede mantendo cada pessoa com seu próprio computador ou trabalham com domínios, assim quem faz a gestão de permissões de administrador é o próprio domínio.

NOTA: este tutorial não leva em consideração a ética em TI que empresas devem seguir como boas práticas de negócio.

Nos dois casos, o UAC deixa de ser funcional:

  • No primeiro o usuário é o único usuário fixo da máquina, portanto ele deve ter condições de manipular o Windows como quiser para otimizar o trabalho que ele executa.
  • No segundo caso, em todo domínio têm-se como regra um administrador para seu pleno funcionamento e este sim deve ter o conhecimento e a capacidade de definir o que é melhor para seus usuários.

Mãos a massa!

Para desabilitar o UAC existem variações em cada versão do Windows, mas o processo é bem semelhante entre todas as versões. Abaixo está o passo-a-passo de como desabilitar o UAC no Windows 10 (Caso a sua versão não se adeque a este tutorial, acesse este link):

  1. Clique com o botão direito do mouse sobre o menu iniciar e acesse o Painel de controle (ou pesquise por Painel de controle no Cortana ou barra de pesquisa).
  2. Acesse o menu “Sistema e Segurança / Segurança e Manutenção”.
  3. Na barra lateral, clique sobre “Alterar configurações de conta de usuário”.
  4. Na tela que aparecer, defina o nível de segurança como nunca notificar e clique em “OK”.

Em alguns casos, pode ocorrer do Windows pedir para que reinicie o computador. Após executar o processo acima, seu Windows não irá lhe pedir mais para permitir o acesso a algum programa ou alguma pasta.

Não consigo acessar mais um arquivo por causa disso!

Como o Windows não pergunta mais se deseja executar alguma função ou ao acessar algum arquivo, isso faz com que os usuários entendam que esse recurso parou de funcionar mas, na verdade o Windows ainda está pedindo as permissões de administrador. Para resolver isso, você deve definir que o programa que você está abrindo sempre abra como administrador. Mãos à massa:

  1. Clique com o botão direito sobre o ícone do programa em que você irá executar o procedimento e acesse as propriedades.
  2. Na tela que abriu, acesse a aba de compatibilidade, ao final desta aba há uma opção descrita como “Executar este programa como administrador”. Marque a mesma e clique em “OK”.

Pronto. Este programa não irá mais ter nenhuma restrição de execução no Windows!